Buscar
  • danieldesousafilho

Birras e agressividade em pessoas com Autismo

Muitas crianças e adolescentes e até adultos autistas apresentam comportamentos disruptivos, como bater, jogar-se no chão, se auto-agredir.

O comportamento de birras pode acontecer em qualquer pessoa , muitas vezes, por trás desse comportamento existe uma dificuldade em colocação de limites pelos pais. Muitos pais ficam receosos em colocar limites pois a criança tem TEA ou uma deficiência. Ficam receosos, têm medo ou pena. E a criança se torna, frequentemente sem limites, de modo que lidar com isso depois não é nada fácil! Colocar limites faz parte do desenvolvimento, da aprendizagem e é saudável e terapêutico para todas as crianças, inclusive as com TEA!

Abaixo deixo algumas dicas sobre como lidar com tais comportamentos: Birras, agressões e explosões em autistas: o que fazer? ⠀⠀⠀ 1º passo: investigar possíveis causas ⠀⠀⠀ 2º passo: situações em que ocorreram ⠀⠀⠀ 3º passo: desencadeadores ⠀⠀⠀ 4º passo: condutas tomadas ⠀⠀⠀ 5º passo: resultados ⠀⠀⠀ Veja abaixo algumas orientações de como manejar situações específicas: ⠀⠀⠀ 🔹  BIRRAS ⠀⠀⠀ Motivos principais ⠀⠀⠀ ➢Querer fazer algo ou ter algo que lhe proíbem ⠀⠀⠀ ➢Não querer fazer alguma coisa ⠀⠀⠀ ➢Tédio ou frustração ⠀⠀⠀ ➢Medo ⠀⠀⠀ ➢Provocar uma reação do ambiente e das pessoas nele presentes ⠀⠀⠀ 🔹  AGRESSIVIDADE ⠀⠀⠀ Tipos de problema: ⠀⠀⠀ ➢Bate nos outros porque não consegue o que quer ⠀⠀⠀ ➢Não quer fazer algo e faz birra ou fica furioso ⠀⠀⠀ ➢Exigências excessivas ⠀⠀⠀ ➢Alteração da rotina .

0 visualização

TODOS  OS DIREITOS RESERVADOS A DR. DANIEL FILHO.